Casos de Denúncia de Assédio Sexual Tem Crescido Pelo Mundo

Muitas notícias recentemente divulgadas nos meios de comunicação, dizem respeito às denúncias de assédio sexual sofrido por milhares de mulheres ao redor do mundo. Um grande obstáculo enfrentado pelas mulheres, era quanto à exposição pública de seu caso, seu sofrimento particular, motivado pela vergonha, medo, insegurança, etc. Mas ultimamente, vários casos têm vindo á tona através de uma ou outra denúncia pública e à partir desta, muitas outras mulheres são encorajadas a tomar esta atitude e denunciam seu agressor.

Surpeendentemente, no ramo do entretenimento mundial, ocorreram várias denúncias recentes, que tornaram visíveis os graves abusos encarados pelas mulheres, invisíveis na população ou mesmo as extremamente visíveis através da popularidade do setor do entretenimento, como o do cinema internacional. Famosas atrizes trouxeram á tona através das notícias nos meios impressos ou virtuais, ou até mesmo nas suas redes sociais, crises que viveram ao passar por abuso ou assédio sexual.

Uma destas profissionais, a atriz Ashley Judd, iniciou um processo legal de difamação e assédio sexual contra um famoso produtor do mercado hollywoodiano de filmes, Harvey Weinstein. A atriz alega que o mesmo interferiu e prejudicou no desenvolvimento de sua carreira, por este ter exigido compensações sexuais para que ela tivesse acesso a papeis ou por ela ter recusado seus avanços físicos inapropriados. Ashley Judd alega também que motivado por retaliação, o produtor negou-lhe participação em papeis de filmes, ao difamar sua pessoa.

Os advogados da atriz alegam que Weinstein usufruiu de seus laços com a indústria cinematográfica a fim de prejudicar atriz por esta ter-lhe negado as exigências abusivas, supostamente num quarto de hotel, quando deveriam discutir negócios do ramo. Os advogados que representam o produtor negam o caso de sexo não consensual e não retornam pedidos de comentários posteriores.

Ashely Judd encabeça a lista de mulheres que acusaram o produtor de cinema de abusador, desde outubro 2017. A partir de então, aproximadamente setenta mulheres queixaram-se de indecência sexual do indivíduo. Este episódio desencadeou um movimento midíático chamado #MeToo, nas redes sociais, contra assédio e agressão sexual, que cresceu exponencialmente, cujo fim é alertar para o fato no mundo.

Notícias: A Era da Inteligência Artificial

Será que chegamos no futuro? Robôs já executam tarefas diárias, substituindo mão de obra humana e estão aprendendo cada vez mais, segundo as últimas notícias.

Sim! O futuro chegou trazendo também dúvidas, incertezas, e até mesmo medo. Para as gerações que nasceram nos anos 90, tudo isso é normal. E quanto mais tecnologia, mais praticidade para a chamada geração Z, Y….

Enquanto que para turma dos 35 anos em diante, ainda é um pouco assustador.

Não existia internet e éramos felizes assim mesmo. Acho que até mais alegres.

Mas, deixando a filosofia de lado, o fato é que a tecnologia está cada vez mais veloz e muita coisa ainda está por vir.

Quem imaginaria por exemplo, que pagaríamos nossas contas, compraríamos de tudo e até mesmo faríamos consultas médicas sem sair de casa? Hoje, tudo isso é normal.

Drones já são utilizados na agricultura contribuindo para precaver a safra de pragas, fornecendo ao agricultor notícias lá de cima, dessa forma ele observa com olhos de 360 graus como está a sua plantação, conseguindo posteriormente uma quantidade e qualidade melhor durante a colheita.

A velocidade da internet alcança níveis incríveis, conectando tudo com todos. É a mais nova tecnologia, conhecida como IOT (Internet Of Things) ou Internet das Coisas.

Temos como exemplo, aparelhos eletrônicos e até eletrodomésticos inteligentes nos ajudando no nosso dia-a-dia. Funcionando como uma espécie de secretária, nos avisando, quando falta algum item da geladeira.

Assim, chegamos ao século 21 com avanços na medicina, engenharia e tantas outras áreas justamente por causa da tecnologia, da internet e da inteligência artificial. É um mundo novo que se apresenta sem pedir licença e sem deixar espaço para o passado. A revolução foi tão grande que já dividimos a nova era em: antes da internet e depois da internet. E, aguardem! Mais notícias revolucionando o mundo da tecnologia está chegando.

Investidora abre rede própria de lingerie e atende elite milionária com peças de luxo

Lojas de luxo estão presentes na rua Savile Row em Londres. Na mesma rua, lojas de alfaiataria dividem espaço com galerias de arte famosas e restaurantes caros. Edifícios comerciais dão o ar da graça e Savile Row é a menina dos olhos da realeza. A família real escolhe os modelos oficiais entre as lojas de alfaiataria da rua. E foi nessa tradicional rua de Londres que uma empresária abriu sua loja de lingerie sob medida.

A empresária Cláudia Lambeth teve a excepcional ideia de fazer peças íntimas sob medida quando tinha apenas vinte e dois anos de idade. Apaixonada por lingerie, Cláudia observou que as peças prontas não levavam em conta a diversidade do corpo feminino. Esse é realmente um obstáculo para a grande maioria das mulheres. Muitas vezes, um conjunto pode servir no busto mas ficar justo no quadril, ou vice e versa. Com essa ideia em mente, Cláudia decidiu personalizar as peças de acordo com o corpo da cliente. Além disso, a empresária levou em consideração a qualidade das peças. Muitas das vezes uma peça pronta de lingerie é bonita por fora, mas a produção é de má qualidade, o que pode depreciar a marca.

O sucesso foi tanto, que algumas mulheres passaram a atravessar o país em busca das mercadorias da Luna Mae em Londres. Uma das clientes que percorreu a maior distância para chegar até a boutique, saiu da Nova Zelândia. As clientes da boutique Luna Mae recebem atendimento personalizado, com consultoria exclusiva e chá da tarde ao estilo britânico.

As clientes da boutique Luna Mae sentem-se realmente apreciadas e investem milhares de libras em peças íntimas que realmente valorizam seus corpos e as deixam elegantes. O gasto médio por cliente fica em torno de quatro mil libras (o equivalente a 5.300 dólares).

Cláudia Lambeth soube usar o marketing a seu favor e o resultado é uma grife famosa de lingeries no coração do país de gales.

Fonte

Conheça todas as verbas devidas a um funcionário demitido por justa causa

O trabalhador brasileiro, ao ser dispensado por uma empresa, tem uma série de direitos assegurados. Porém, ao ser demitido por justa causa, perde praticamente todos eles.

Quando um trabalhador é contratado, ele firma um contrato com o empregador. No momento em que comete uma falta considerada grave pela Legislação Brasileira, a empresa passa a ter o direito de rasgar esse acordo.

Entre os motivos, estão atos de improbidade, como roubar dinheiro ou objetos do lugar em que trabalha e conduta inadequada, como casos de assédio sexual. Não cumprir as ordens do seu chefe pode ser considerada indisciplina. Já atrasar-se diversas vezes sem justificar ou fazer o seu trabalho de forma desleixada, para o sistema jurídico brasileiro, chama-se desídia.

Até mesmo falar palavrões ou não respeitar regras básicas de conduta social, como vestir-se corretamente, pode dar demissão por justa causa por mau procedimento.

E quais são os direitos?

Ao cometer uma infração grave, o funcionário tem direito apenas ao pagamento de férias proporcionais aos meses trabalhados, mais um terço sobre esse valor, e ao salário que deve receber pelos dias que trabalhou aquele mês.

Quanto ao saldo do salário mensal, ele deve ser calculado a partir do dia de recebimento do último vencimento. Para chegar a quantia total, faz-se um cálculo simples, dividindo o valor do salário por 30 e multiplicando-o pelo número de dias em que o demitido compareceu ao trabalho.

O pagamento das férias deve ser feita somente se o empregado já completou mais de um ano na empresa – período que o qualifica para usufruí-las. O montante deve ser proporcional aos meses trabalhado e o seu valor final deve ser acrescido de mais um terço. Caso o trabalhador fechou 365 dias de trabalho mas nunca gozou de férias, o período deve ser pago em dobro, mantendo os um terço adicionais.

Funcionário demitido por justa causa perde diversos direitos, como seguro-desemprego, aviso-prévio, 13º salário proporcional ao tempo trabalhado, indenização igual a 40% do Fundo de Garantia (FGTS) e direito de fazer o saque de seu FGTS.

Itália é ultrapassada pela Espanha como maior entrada para imigrantes

A frota naval italiana realizou uma operação militar para impedir a chegada de navegações que traziam imigrantes ilegais africanos e do Oriente Médio para a costa europeia. Com isso a Itália reduziu a entrada clandestina e viu a Espanha ultrapassa-la.

A ONU divulgou número que demonstram a queda no número de estrangeiros que desembarcaram na Europa fugindo da crise. Em 2016, no seu pico, 261 mil chegaram as fronteiras europeias até o final do mês de julho. No mesmo período, em 2017, nota-se a queda para 113 mil, menos da metade que anteriormente e, atualmente em 2018, com o fim do mês de julho pode-se notar que se enquadrou em 58 mil, quase um quinto do número de 2016.

O fluxo migratório, porém, mudou de rota constantemente nos anos citados, os refugiados e imigrantes sempre a procura de alternativas para escapar da crise de suas respectivas nações. Em 2018 triplicou-se o curso do lado ocidental do mar Mediterrâneo em comparação ao ano de 2017.

No fim de maio para o fim de julho de 2018 as frotas espanholas notaram um aumento de 54 para 240 estrangeiros resgatados por dia. Somando quase 15 mil pessoas em dois meses.

Na Itália, no período dos sete primeiros meses, 18 mil migrantes foram registrados entrando na nação.

De 2015 até 2018, o período em que a crise vem se estendendo, porém, foram os gregos que receberam o maior número de migrantes, com mais de 1,1 milhão de pessoas que utilizaram os portos helenos. Mais que o dobro na Itália e mais de 10 vezes o número espanhol, no mesmo período de pouco mais de 3 anos.

A mudança interminável das rotas de fuga se dá em conta aos esforços dos contrabandistas e migrantes para achar brechas nas fronteiras europeias.

O aumento do fluxo na rota, porém, se relaciona ao crescimento na quantidade de fatalidades no trajeto, com números passando dos 300 falecidos. Quase 50% maior que o número contabilizado em 2017.

Notícias demonstram que a Espanha não intende imitar a atitude italiana, com as críticas severas do ministro de relações exteriores espanhol: https://istoe.com.br/espanha-critica-atitude-da-italia-sobre-emigrantes/

Trio de espiãs do reboot de As Panteras será protagonizado por Kristen Stewart

Famosa por sua atuação na saga Crepúsculo, a atriz hollywoodiana Kristen Stewart estará de volta às telonas em 2019. As notícias envolvendo o reboot As Panteras apontam que a atriz foi confirmada pela Sony Pictures como uma das protagonistas da nova versão do filme dos anos 2000.

Segundo notícias veiculadas no site da revista “Hollywood Reporter”, o remake ganhará roteiro de David Auburn (A Casa do Lago) e direção da atriz e comediante Elizabeth Banks (A Escolha Perfeita), e acredita-se no sucesso do reboot pela sua representatividade e diversidade. Isso porque além do longa ser dirigido por uma mulher, Banks também dará vida a Charlie Townsend, a oficial responsável por orientar as Panteras em suas missões e que aparece no título original da série “Charlie’s Angels”. Na versão original, o papel era masculino.

Kristen Stewart não é a única confirmada no longa; Naomi Scott, que protagonizou Alladin, e a novata Ella Balinska completam o trio de espiãs do reboot As Panteras. Antes de confirmarem Ella Balinska, o papel foi cogitado à cantora Janelle Monáe e a Lupita Nyong’o, vencedora do Oscar por sua atuação em 12 Anos de Escravidão.

A série de TV se tornou sucesso na década de 70 com Farrah Fawcett, Kate Jackson e Jaclyn Smith, e ganhou versão cinematográfica nos anos 2000. Rendendo uma boa bilheteria mundial (US$ 523 milhões), o longa foi encabeçado pelas atrizes Cameron Diaz, Drew Barrymore e Lucy Liu nos dois filmes. Não se sabe ao certo, mas tudo indica que a Sony Pictures pretende iniciar uma nova franquia de sucesso com esse remake.

As gravações estão marcadas para começar em setembro e seguirem até janeiro do próximo ano, segundo expectativas. O reboot As Panteras está previsto para estrear dia 6 de junho de 2019 no Brasil.

Como ter uma vida financeira equilibrada?

Ter uma vida financeira equilibrada nem sempre é uma missão fácil, porém, não é impossível. Para conseguir uma vida financeira estável é necessário organização, foco, ter um controle de suas finanças e outros passos, que iremos te indicar ao longo deste artigo.

Para conseguir alcançar uma vida financeira equilibrada é necessário definir os seus objetivos, já que não adianta ter o conhecimento sobre o que e como fazer se você não souber de maneira clara quais são os seus objetivos. Por isso, descubra o que te move e transforme estas metas em finanças, para saber o quanto do montante que você precisa falta para você alcançar o que deseja.

A elaboração de seu orçamento também é necessário, para fazer isso são necessários três passos: 1° saiba como você está gastando seu dinheiro, 2° avalie seus gastos atuais e também as suas prioridades e corte o que necessário, e por fim assegurar que estas despesas estejam de acordo com o planejado.

O planejamento financeiro é essencial para o resto da vida, por isso, tenha consciência dos seus sonhos a curto, médio e longo prazo, para assim, conseguir realizá-los.

Além disso, é necessário entender que existem dívidas que são boas, como um financiamento imobiliário e dívidas ruins, como o cartão de crédito ou o endividamento no cheque especial.

A grande maioria das pessoas que procura por assuntos relacionados a finança sabe que a reserva de emergência é imprescindível, justamente pelo amanhã ser imprevisível. Este dinheiro reserva pode ser utilizado em doenças, quebra de carro, reparos na residência ou em uma eventual perda de emprego.

Outra questão necessária, é a reeducação financeira, já que muitas pessoas se endividam com o cartão de crédito ou entregam seu patrimônio nas mãos do gerente por não saberem administrá-lo. Realizar um curso de educação financeira ou comprar livros do ramo para estudar e entender está área melhor, não são gastos e sim um investimento, que caso seja bem aplicado, pode trazer lhe no futuro uma boa rentabilidade.

Outras questões essenciais na hora de guardar dinheiro é a disciplina, para se manter firme no seu objetivo, equilibrar a sua vida presente e as necessidades dela, com os anseios futuros. Além disso, aplicar o seu dinheiro no lugar certo também traz uma alta rentabilidade, já que todos sabem que investir na poupança hoje em dia não é bom. Por isso, todo dinheiro que sobrar, invista no ‘Tesouro Direto’.

E por fim, mantenha o auto-controle em compras grandes e até nas mais banais, já que o marketing sempre nos tenta e por isso o auto- controle é tão importante, para assim, conquistar uma vida financeira mais equilibrada e se manter sempre com dinheiro.

Apesar de existir vacina, casos de caxumba continuam crescendo no Brasil

Com a chegada do inverno e também com parte da população se negando a se vacinar ou vacinar suas crianças, os casos de caxumba, bem como de poliomelite e sarampo tem crescido cada vez mais no Brasil, principalmente após 2016.

As vacinas tríplice viral e também a tetra viral combatem esses tipos de doenças, mas elas têm voltado a aparecer, cada vez com mais frequência, preocupando a saúde do Brasil.

No caso da caxumba, não existe um número exato de ocorrências em território nacional e o motivo é que esse tipo de doença não é considerado de notificação compulsória.

Em outras palavras, quando uma pessoa é diagnosticada com caxumba, não existe obrigação do Posto de Saúde, Hospital, Unidade Básica de saúde, bem como convênios particulares, registrarem o caso.

Porém, somente até julho de 2018 foram registrados 10 surtos de caxumba, com 55 casos confirmados. Isso apenas em São Paulo.

Em 2017 foram registrados, segundo a secretária de saúde de São Paulo, 141 surtos de caxumba, com quase 750 casos confirmados.

Isso só nos casos registrados, os números reais devem ser bem maiores.

É considerado surtos de caxumba, ou de qualquer outra doença, quando dois ou mais casos são registrados no mesmo local. Como em escolas, creches e condomínios.

Mesmo para quem recebeu todas as dosas das vacinas tríplice viral e tetra viral, as garantias de imunidade não são completas.

Isso acontece pois essas vacinas são muito boas quando imunizadoras das outras doenças que elas foram feitas para combater. No caso, sarampo, rubéola e varicela.

Já quando o assunto é caxumba, ela imuniza, no máximo em 80%, quando administrada as duas doses.

Em pessoas que tomaram apenas a primeira dose, a eficacia cai para 60%.

Os principais sintomas da caxumba são:

. Febre;

. Dor;

. Aumento das glândulas salivares.

Caso você tenha esses sintomas, procure um posto de saúde ou profissional especializado.

Embora a caxumba seja considerada de baixo casos de mortalidade, o seu não tratamento a tempo, pode ser fatal.

Quais são os direitos e as garantias dos cidadãos?

A famosa e ‘dona de tudo’ Constituição Federal, rege todo o nosso país e tem dentre as suas principais diretrizes os direitos e deveres de todos os indivíduos, esclarecidos no artigo 5 e em todos os seus 77 incisos.

Para que todos os cidadãos exerçam a cidadania da melhor maneira e com dignidade, existem os direitos básicos do cidadão, como a igualdade (todos são iguais perante a lei independente de credo, etnia, finanças, gênero, etc), o direito à vida; a liberdade; a segurança e a propriedade. Em tese, a igualdade de gênero e igualdade racial, por exemplo, deveria valer em todos os ambitos, e homens e mulheres deveriam ter os mesmos direitos, independente de sua cor, porém, ainda existem discrepâncias.

Alguns outros tópicos também são abordados ao longo de todo o documento que trata sobre os direitos e garantias do cidadão, como, por exemplo, o princípio da legalidade, em que ninguém é obrigado a fazer nada, senão em prol da lei. Além desses, a integridade do ser humano (ninguém pode ser submetido a tortura ou a tratamento desumano); a liberdade de expressão (todos são livres para pensar e expressar este pensamento através da arte, da ciência e do exercício intelectual, sem qualquer censura); a liberdade de consciência e de crença, assegurando também seus locais; o direito a intimidade; ao domicílio privado; ao sigilo telefônico e a correspondência, exceto em casos que exista alvará judicial.

O documento ainda assegura que todos tem direito a informação, a reunião em locais públicos, associação com intuitos legais, e o direito a função social. O estado de direito também é garantido, situações em que o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada não podem ser prejudicados ou modificados pela lei.

Além destas questões a constituição proíbe a pena de morte; a prisão perpetua; trabalhos forçados e a abolição. Quando uma pena é aplicada deve ser cumprida de acordo com o crime, sua periculosidade, a idade e o sexo do condenado. O estado ainda assegura o habeas corpus; a defensoria pública e a assistência jurídica. O Estado ainda tem obrigação de proporcionar certidões para quem não tem condições financeiras de bancar o registro civil de nascimento, a certidão de óbito, o oferecimento de gratuidade em ações judiciais, além da confecção de documentos para que a cidadania seja exercida.

As regras principais para se tornar um MEI

Muitas pessoas acreditam que se tornarem donas do próprio negócio requer que se tenha muito dinheiro, já venha de família rica ou recebeu alguma herança, mas estão muito errados, pois ser empreendedor em nada tem haver com status social, e mesmo as pessoas com muito pouco dinheiro podem entrar a fundo no mundo do empreendedorismo e serem os únicos responsáveis pelos seus empregos, atividades profissionais e carreira, não precisando ficar sendo vítima eterna de uma empresa e sempre estar na posição de subalterno ao chefe, sendo impedido de opinar e ter vontade própria. Para isso, para as pessoas que já tomaram a iniciativa e tem noção dos riscos e possibilidades de sucesso enquanto quando empreendedoras, em seguida será esclarecidas alguns questionamentos importantes sobre o fato de ser um Microempreendedor Individual – MEI e ter autoridade sob os próprios negócios.

O MEI é um pequeno empresário a qual fica submetido ter um limite máximo de lucro de 81 mil reais ao ano, tem apenas e exclusivamente um funcionário para ajudar na realização de tarefas a qual será pago ou o piso salarial da atividade ou um salário mínimo. Juntamente a isso há obrigatoriedades a qual o MEI fica responsável que é de pagar mensalmente as DAS, que são boletos referente ao Documento de Arrecadação do Simples Nacional, o qual contêm taxas tributárias do governo, que são: INSS (INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL) de R$47,70, ICMS (IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS e SERVIÇOS) de R$1,00 e ISS (IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS) de R$5,00, a qual serão destinadas aos municípios, estados e a União.

Dessa forma, os Microempreendedores Individuais deverão se enquadrar em uma das atividades listadas na página do Portal do Empreendedor e se registrar em uma das centenas de atividades fim existentes, e além disso há possibilidades de se legalizar em outras quinze atividades secundárias. E lembrando-se que não é necessário uma pessoa que trabalhe já com carteira de trabalho ter que pedir demissão para se enquadrar ao MEI, o mesmo pode realizar ambas as atividades, e respeitando as normas de tributação, rendimento e dentre outras, o mesmo poderá estar legalmente no modelo de MEI.