Brasil registra o maior número de casos de depressão em toda a América Latina

depressao

Uma publicação da OMS – Organização Mundial da Saúde, apontou que o Brasil é o campeão em apresentar um número maior de pessoas com o diagnóstico de depressão em toda a América Latina. Os dados são tão alarmantes que superaram até mesmo os índices mundiais, cerca de 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão. A taxa de depressão no Brasil deixa países como Cuba que possui uma taxa média de 5,5%, o Paraguai, com uma taxa de 5,2%, assim como o Uruguai e o Chile que tem uma média de 5% da população com o diagnóstico de depressão.

No mundo, 322 milhões de pessoas tem depressão, o que representa 18% a mais de pessoas com a doença do que havia há apenas 10 anos atrás. Esse número também coincide com 4,4% de toda a população mundial. São números muito grandes no mundo inteiro para uma doença que anteriormente não tinha tanta influência na população.

Dentre os dados da doença já foi possível confirmar que a depressão é a doença que mais deixa as pessoas incapacitadas de realizarem tarefas do dia a dia. É o principal fator de morte por suicídios dentre todas as doenças emocionais que existe, o número é de 800 mil mortes por ano. A doença também está associada a morte de jovens entre 15 a 29 anos, sendo a segunda maior causa.

Ainda existe diferenças entre a forma como a doença afeta os homens e as mulheres. No geral, as mulheres são as mais afetadas pela depressão, elas somam 5,1% dos diagnósticos, em comparação aos homens que representam 3,6% dos casos de depressão. Além dessa peculiaridade que atinge a doença, existe uma outra que diz que o continente asiático é o que tem maiores casos de pessoas com depressão no mundo.

Segundo as informações da OMS, apenas 10% das pessoas que tem depressão recebem o tratamento adequado para a doença em alguns países do mundo. Na maioria dos países a estatística diz que menos da metade das pessoas que sofrem de depressão procuram por tratamento médico. Isso acontece mesmo com a existência de tratamentos efetivos. A organização alega que existem diversos motivos que fazem os pacientes não se tratarem, como, por exemplo, a falta de profissionais que sejam capacitados, a falta de recursos dedicado ao tratamento da doença e principalmente, a própria barreira do paciente que muitas das vezes não querem se tratar por causa do estigma social que é associado a um transtorno mental.

A OMS afirmou: “A depressão é diferente de flutuações habituais de humor e respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana. Especialmente quando de longa duração e com intensidade moderada ou severa, a depressão pode se tornar um sério problema de saúde. O fardo da depressão e de outras condições envolvendo a saúde mental está em ascensão em todo o mundo”. O fato é que a doença é mais séria do que parece, por isso deve ser estudado as razões que fazem o Brasil ser o país com mais casos de depressão na América Latina.

 

Estatuas egípcias são encontradas por arqueólogos no Cairo

]

O Ministério de Antiguidades do Egito informou no dia 9 de março a descoberta arqueológica de duas estátuas de faraós da época da dinastia XIX. A descoberta aconteceu através de um grupo de arqueólogos alemães e egípcios que partiram em uma missão para escavar uma região no Cairo. Os arqueólogos nem imaginavam que poderiam encontrar peças histórias tão antigas e preciosas que compunham a obra de arte do povo daquele tempo.

Uma das estátuas, que os especialistas acreditam ser do rei Ramsés II, foi esculpida em uma peça de quartzito medindo ao todo aproximadamente oito metros. Mahmoud Afifi, presidente das Antiguidades Egípcias, comunicou que a estátua encontrava-se fragmentada em diversos pedaços grandes. Já a outra peça encontrada trata-se da parte superior, no caso a cabeça da estátua reproduzida em tamanho natural do rei egípcio Seti II, que foi neto do rei Ramsés II. A peça foi feita de calcário, e possui um tamanho aproximado de 80 centímetros.

A região onde foram encontradas as duas peças arqueológicas se chama Ain Shams, uma região arqueológica que fica em torno do tempo de Ramsés II. O rei Ramsés II foi considerado um dos faraós que mais concentrava poder no período em que governou o Egito, há mais de 3.000 anos. Durante seu reinado, o rei Ramsés II foi responsável por liderar grandes expedições militares, e contribuiu para a expansão do Império Egípcio sobre a Síria na região leste, e na região Sul da Núbia. Ele tinha o título de “Grande Ancestral”, quando era referido pelos seus sucessores.

Ayman Ashmaui, que foi o responsável por chefiar a missão egípcia, afirmou que as escavações assim como as pesquisas na região irão continuar para que eles possam encontrar outras partes das estátuas, como a parte da epigrafia, que identifica o nome de quem pertence a estátua. Ainda assim, os arqueólogos acreditam que a estátua seja de Ramsés II, principalmente porque ela foi encontrada bem em frente ao templo de Ramsés II.

O líder da epique alemã de pesquisadores, Dietrich Raue, afirmou em uma entrevista à Reuters, que a cidade Heliopolis (no distrito de Matariya) era o lugar onde o Deus do Sol morava, segundo a crença egípcia. Ele ainda disse com mais detalhes: “De acordo com as crenças faraônicas, o mundo foi criado em Matariya. Isso significa que tudo deveria ser construído ali. Estátuas, templos, obeliscos, tudo. Porém, o rei nunca poderia viver em Matariya, porque o Deus do Sol vivia ali.”

Khaled al Anani, que é ministro de Antiguidades, afirmou que as duas estátuas serão transferidas para um novo Museu Egípcio que deve ter uma parte inaugurada no ano de 2018. Segundo afirmações do ministro, as estátuas ainda passarão por um processo de restauração para enfim serem expostas ao público.

José Henrque Borghi da Mullen Lowe celebra parceria com a revista Claudia no dia da Mulher

No dia 8 de Março deste ano, a empresa publicitária MullenLowe, do publicitário José Henrique Borghi, lançou uma campanha publicitária para a revista Claudia sobre a violência feminina. A publicidade que foi ao ar no Youtube pretendeu informar o público perante os factos chocantes da situação que a mulher brasileira vive atualmente. Mais do que um vídeo impactante, o mesmo pretende alertar para um problema pouco divulgado e que merece a atenção de todos perante o abuso que as mesmas sofrem no dia-a-dia.

O vídeo foi criado por Jefferson Delospital, Lucas Menegotto e Demer Rios sob a supervisão de José Henrique Borghi. O vídeo apresenta um fundo negro ao som de uma música ao piano enquanto uma mensagem central apresenta uma frase com uma contagem decrescente referindo que “em 15 segundos uma mulher será agredida no Brasil”. Enquanto essa mensagem é reproduzida, outras palavras aparecem em baixo da mesma alertando para a necessidade de denunciar estes casos de violência sem a mínima hesitação.

A mensagem que a agência de José Henrique Borghi e a sua cliente, a Revista Claudia pretendem passar é a promoção da delação dos infractores pelas vítimas ou pela parte de outras pessoas que tenham conhecimento de abusos constantes. Desta forma, o vídeo recorre a mensagens simples, curtas e fortes para que sintam a necessidade de não se tornarem cúmplices de crimes bárbaros para com as mulheres do nosso país. Para além disso, a aposta da empresa publicitária de José Henrique Borghi passou pelo site popular Youtube e pretendia passar a mensagem para o público do sexo feminino.

A campanha publicitária foi bem projetada pela empresa brasileira que idealizou o seu vídeo de acordo com o tempo obrigatório de visualização de publicidade no Youtube através do sistema Skip Ad. Assim, todos aqueles que viram o vídeo tiveram a oportunidade de ler toda a mensagem do vídeo até ao fim, já que o vídeo tem apenas 15 segundos de duração e refletir nas palavras expostas no curto anúncio publicitário.

A empresa publicitária Mullen Lowe Brasil se define como uma empresa criativa global que é formada por várias agências distintas em mais de 65 países por todo o mundo. A empresa de José Henrique Borghi tem como principal objetivo aumentar a atenção para marcas que sejam clientes da empresa. Outro objetivo passa por tentar encontrar diversas maneiras de passar a mensagem atractiva e ativa de que os consumidores dos clientes da empresa Mullen Lowe Brasil são parte essencial no processo de criação de conteúdos por parte da mesma.

A agência trabalha para várias empresas multinacionais como por exemplo a Axe, CIF ou a revista ELLE. A agência publicitária tem recebido imensos elogios pelo seu trabalho e ainda o ano passado fora reconhecida com dois ouros pela categoria Colunistas Brasil 2016 pela criação de “Histórinhas de não dormir” para a marca Café 3 corações extraforte. A campanha incidia nas típicas e populares histórias que aterrorizam os mais novos. Neste caso, os prêmios que a agência ganhou foi Ouro para Branded Content e Ouro de inovação.

 

Depois de 45 anos o homem estará próximo da Lua novamente

lua

A empresa americana SpaceX, pretende ser a pioneira em viagens espaciais realizadas por pessoas comuns ao espaço profundo e até o final de 2018 pretende levar dois turistas americanos para a Lua em uma missão que passará por sua órbita.

O magnata e CEO da SpaceX, Elon Musk, diz muito entusiasmado que essa oportunidade é revolucionária em vista de que o homem retorna a explorar o espaço profundo desde 20 de Julho de 1969, quando foram enviados astronautas à Lua.

A identidade e a quantia paga pelos dois turistas para poderem viajar até a Lua não foram divulgados por Musk, mas sabe se que custou caro devido a todo planejamento realizado e que esta sendo efetuado, e devido aos investimentos realizados. “Posso dizer que não é nenhuma personalidade hollywoodiana” afirma Musk.

Como os astronautas da Apollo, estes indivíduos viajarão para o espaço com esperanças e sonhos da humanidade, impulsionados pelo universal espírito humano da exploração“, concluiu o visionário e apaixonado por exploração espacial, Musk.

Apesar de a SpaceX ser uma empresa privada, contou com a participação direta e o aval da agência espacial americana NASA. A agência espacial americana conta com um projeto onde tripulações comerciais poderão ter a oportunidade de explorar o espaço desde as órbitas da Terra até a possibilidade de a curto prazo podermos realizar visitas frequentes à Lua.

A NASA junto ao governo americano, subsidiaram os projetos da SpaceX e introduziram verbas para a construção da nave Dragon 2. O objetivo é estimular empresas em projetos na construção de veículos espaciais tripulados que possam servir de base a futuras expedições espaciais. O governo investe nessas empresas que são regularizadas pela NASA desde a guerra fria.

A nave que esta passando por vários testes será oficialmente testada no começo de 2018 com uma tripulação a bordo. Musk deixa claro que a missão irá passar ao redor da Lua no segundo semestre de 2018 sem pousar nela. “A nave não foi projetada para pousar em solo Lunar” explica Musk.

Musk enfatiza que as possibilidades são arriscadas e deixa claro que os dois passageiros estão cientes dos riscos. “Eles não são ingênuos. Faremos de tudo para minimizar o risco, mas ele não é zero“. “Esperamos conduzir neles testes de condição física e de saúde, assim como iniciar o treinamento no final deste ano“, acrescentou em tom claro e confiante.

Alguns episódios desastrosos envolvendo foguetes da SpaceX já ocorreram, como a explosão do foguete Falcon 9 em setembro de 2016 em procedimentos de rotina em Cabo Canaveral. Em 2015, no ano anterior, uma forte explosão envolvendo uma nave não tripulada responsável por levar suprimentos a Estação Espacial Internacional, foi manchetes de alguns jornais.

 

Veja também, super máquinas.

 

Perca o medo de falar em público

Se detesta falar em público, você não está sozinho. Em pesquisas sobre as principais fobias, o medo de falar em público (glossofobia) está em primeiro lugar em todo o mundo – à frente do medo de aranhas, de altura, de voar e até mesmo da morte. De fato, três em cada quatro pessoas sofrem de ansiedade ao falar.

A boa notícia é: falar em público é uma habilidade que pode ser aprendida e controlada. Nós compilamos algumas práticas recomendadas e estratégias comprovadas que o ajudarão a combater a ansiedade da apresentação da próxima vez que você tiver que falar para um público.

Aceite e domine seu medo

Comece aceitando que você fica nervoso toda vez que tem que falar em público; não é nada com que tenha que se sentir perturbado. Agora, enfrente seu medo fazendo um esforço para fazer alguma coisa a respeito. O pior que você pode fazer é evitar completamente falar em público. Isto pode ter um efeito adverso em sua carreira e intensificar o medo.

Liberte-se da perfeição

Pare de se pressionar para ter um discurso perfeito. Afinal de contas, é apenas uma fala, não uma questão de vida e morte. E se tropeçar um pouco, você não perderá seu emprego. Aceite que erros acontecerão. Quando isso acontecer, tente recuperar a calma rapidamente e seguir em frente. As chances são de que ninguém perceba.

Pratique. Pratique. Pratique.

Ninguém é um pianista nato. A pessoa deve aprender como tocar piano e praticar horas incontáveis para fazê-lo com graça e sem esforço em um recital. Da mesma forma, bons oradores não nascem assim, eles se tornam. Portanto, da próxima vez que tiver que palestrar, dê a si mesmo tempo suficiente para preparar, organizar o material, praticar o discurso e fazer os ajustes necessários antes de estar diante do público. Lembre-se de que quanto maior a freqüência com que fizer palestras, melhor você se tornará.

Preste atenção no seu público

Em vez de colocar o foco em si mesmo e se preocupar com o que os outros pensam a seu respeito, coloque o foco no público. Sorria, faça contato com os olhos. Incentive a interação atraindo-os para a apresentação e fazendo perguntas relevantes. Isso não apenas faz de você um orador mais dinâmico e simpático, mas também ajuda tirar a pressão e os olhos de você.

Imagine o sucesso

Pare de visualizar um desempenho desastroso. Você apenas ficará mais nervoso e seu cérebro automaticamente associará falar em público a emoções negativas. Em vez disso, substitua essas imagens negativas por imagens de sucesso. Imagine-se em pé confiantemente em frente a uma multidão e fazendo uma grande palestra. Fazer isso mudará associações negativas em positivas e ajudará a programar seu cérebro e seu corpo para o sucesso.

Sinta-se bem e transmita isso

Se começar sua palestra sentindo-se bem e transmitindo esta sensação, isso o ajudará a ficar mais relaxado e confiante quando estiver diante do público. Tente dormir o suficiente na noite anterior de forma que esteja o mais descansado possível. Não coma demais pouco antes da palestra. Use sua roupa predileta, algo agradável com que você se sinta confortável e confiante.

Mais dicas clique aqui

 

Escritório de Ricardo Tosto já escolheu nova direção executiva para os próximos dois anos

Desde junho de 2016, a escolha do novo diretor executivo do escritório de advocacia Leite, Tosto e Barros já foi feita. O felizardo é o sócio do empreendimento Eduardo Nobre, que será responsável pela gestão estratégica e administrativa da empresa pelos próximos dois anos. Anteriormente, o cargo era ocupado pelo também sócio Charles Gruemberg – ele esteve na função pelo período de sete anos.

Eduardo Nobre e Charles Gruemberg dividem a sociedade do Leite, Tosto e Barros com outros 25 profissionais. Entre eles está, inclusive, o advogado Ricardo Tosto, co-autor do livro “O Processo de Tiradentes”, uma publicação feita em parceria com o também sócio do escritório, Paulo Guilherme Lopes.

Ricardo Tosto é um dos fundadores do Leite, Tosto e Barros e já teve publicações em diversos jornais e revistas especializadas na área do direito.

Eduardo Nobre

Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Eduardo Nobre começou sua trajetória no escritório no ano de 1997, como estagiário, e foi admitido como sócio somente em 2003.

O advogado é responsável pela área de Direito Público da empesa. A propósito, foi nessa área que, em 2013, o sócio de Ricardo Tosto e Charles Gruemberg recebeu, do International Law Office (ILO), o prêmio internacional Client Choice 2013, como melhor advogado do Brasil. Em 2014 e 2015, Eduardo Nobre também foi recomendado pela The Latin American Corporate Counsel Association (LACCA), na categoria Administrative Law.

No campo do Direito Administrativo, o atual diretor executivo do Leite, Tosto e Barros opera em processos referentes a licitações, concessões de serviços públicos e Parcerias Público Privadas. Ele presta assessoria aos clientes em questões regulatórias junto às diversas agências brasileiras.

Charles Gruemberg

Charles Gruemberg formou-se em Direito pela Universidade Paulista (UNIP) e também entrou no escritório – em 1999 – como estagiário. Gruemberg foi admitido no quadro de sócios em 2003 e tem grande experiência nas áreas de Arbitragem e Contencioso. Ele atua na recuperação judicial de créditos para grandes e médios bancos, além de grandes negociações de acordos com vários credores de devedores comuns.

Gruemberg foi considerado o melhor advogado brasileiro em Direito Bancário, em 2014, pelo ILO, que deu a ele o prêmio internacional Client Choice do ano. Além disso, a atuação de do advogado na área de Contencioso também foi destacada pelo guia Legal 500.

Ricardo Tosto

Ricardo Tosto é formado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e é um dos sócios fundadores do Leite, Tosto e Barros. Seus principais campos de atuação são: áreas de Contratos Bancários; Direito Administrativo, Eleitoral, Civil e Comercial; Falências; Recuperação de Créditos; Recuperação Judicial, Reestruturação Empresarial e Acquisition Review.

O advogado recentemente, foi citado como um dos melhores profissionais do Direito no Brasil, na área do contencioso, na edição 2016 da Latin Lawyer 250. Ele também foi mencionado pelo guia Who´s Who como um dos melhores profissionais da área, em termos nacionais.

Como cuidar do seu Pet no verão

cachorro-raca-viajar-com-seu-pet2

 

Estamos no verão. A estação mais quente do ano está a todo vapor e da mesma forma que o calor nos castiga, ele também traz consequências para seu bichinho de estimação, portanto, é necessário tomar alguns cuidados para o bem-estar dele. Pequenas alterações na sua rotina são necessárias e elas garantirão a saúde de seu cão ou gato.

É comum que problemas como hipertermia, infestações de ectoparasitas, picadas de mosquitos e pernilongos, viroses e doenças de pele acometam o seu animal nesse período. Atenção redobrada é indispensável nessa época. Diferentemente de nós, os cães não transpiram pela pele. Eles perdem calor pela respiração e transpiram pelos coxins plantares (almofadinhas das patas) e narinas. Uma área extremamente pequena em relação à extensão do corpo, portanto, insuficiente para manter a temperatura corpórea próxima da temperatura normal.

Quando submetidos ao calor intenso ou situações estressantes, os cães podem não ter condições de perder calor e entram num processo chamado hipertermia.

O primeiro sinal que o animal precisa de resfriamento é quando se mostra muito ofegante. No quadro de hipertermia a temperatura corporal pode atingir até 42º C, provocando vômitos, coagulação intravascular disseminada, edemas pulmonares, paradas cardíacas e até mesmo chegar ao estado de coma.

Os cães com focinho curto, ou braquicéfalos (Bulldogs, Pugs, Boxers, Shitsus, Lhasas Apso, Boston, etc), sofrem mais com temperaturas elevadas devido à sua estrutura anatômica que dificulta a respiração e a perda de calor. Nessa época do ano é de suma importância evitar ambientes estressantes (como banho e tosa) e de intenso calor (passeios em horários muito quentes, deixar o animal dentro de um carro parado, ou longas viagens).

Nesse período os cães também sofrem com proliferação de pulgas e infestações de carrapatos, além de picadas de insetos que podem transmitir doenças para seu amiguinho.

As caminhadas são de extrema importância para seu cão, já que ele necessita de exercícios. Porém, é preciso ficar atento aos horários. O horário ideal para passear com seu cão é no período da manhã até as 9h, ou a noite, depois das 18h.

As caminhadas em horários com sol muito forte podem provocar desidratação em seu animal, queimaduras nas “almofadinhas” das patas ou até mesmo uma parada cardíaca. No caso de seu animal ficar desidratado ou sofrer queimaduras, procure um veterinário imediatamente para o tratamento. Um recurso para evitar as queimaduras é o uso de sapatos especiais para cães.

Hidratação é a palavra chave! Ao levar seu animal para passear leve sempre com você uma garrafa de água. É importante fazer as pausas e dar água para seu cãozinho.

Banho e tosa

Manter o seu animal limpo, tosado e com os produtos para controle dos ectoparasitas em dia é muito importante. No verão é comum as infestações de carrapatos e pulgas, então manter o pelo do seu animal curto ajuda nesse controle.

 

 

Novo sistema com 7 exoplanetas e descoberto pelo NASA

A NASA afirmou que um sistema solar com um sol diferente do nosso, porém que possui 7 planetas orbitando ao seu redor, em uma distância adequada para que possa existir água liquida foi descoberto através do telescópio Splitzer. A noticia foi publicada na Revista Nature.

Cientistas acreditam que essa é um dos primeiros sinais positivos para a possibilidade de existir vida fora da Terra. A estrela vermelha do novo sistema solar recebeu o nome de Trappist-1 e de acordo com a NASA as expectativas são as melhores, já que todos os planetas do novo sistema estão em distância perfeita para que exista água em estado liquido.

Para alguns estudiosos a noticia não deveria ser considerada favorável já que a distância entre os planetas e o sol do sistema e bem menor que a distância entre a Terra e o sol do nosso sistema solar. Cientistas que participaram da descoberta afirmam que o astro intitulado Trappist-1 é completamente diferente do nosso.

O sol da Via Láctea é bem mais quente, é também é maior em diâmetro. Já o astro deste novo sistema é avermelhado, menor e bem mais frio. A distância entre o sol e os planetas ainda é bastante segura, considerando a diferença de temperatura entre as duas estrelas. Entretanto o estudo também explica que esta distância menor também aumenta a frequência das marés, fazendo com que os exoplanetas apresentem sempre a mesma face a estrela, como a nossa lua, ou os satélites de Júpiter ou Saturno.

Os cientistas consideram essa questão bem prejudicial para os planetas deste sistema, porque isso significa que uma área do planeta é iluminada e a outra se encontra sempre na mais profunda escuridão. O único lugar em planetas assim que seria possível a existência de vida, seria em um local meio termo, nem muito iluminado, nem na escuridão. Mas mesmo assim as grandes diferenças de temperatura devem causar tempestades ciclônicas.

A NASA pretende colocar em funcionamento novos telescópios, em terra, e espaciais. Com a ajuda desses telescópios mais avançados (Splitzer foi lançado em 2003) será possível realizar uma analise muito mais complexa e detalhada da atmosfera desses exoplanetas.

Se forem encontrados pequenos traços de oxigênio ou de metano, as teorias em torno da possibilidade de existir vida fora da Terra, mesmo que sejam formas de vida primitivas em comparação a do nosso planeta, serão grandemente reforçadas. Isso porque alguma coisa tem que produzir oxigênio ou metano.

Taxas de juros são reduzidas pelo Banco Central, pelo executivo o BMG, Marcio Alaor

Em uma decisão já prevista por muitos economistas, o Banco Central fixou a taxa de juros em 12,25% ao ano. A SELIC, como é chamada, possuía valor anual de 13%. A redução foi anunciada em 22 de fevereiro pelo Copom (Comitê de Política Monetária), após decisão unânime dos membros que compõem o órgão. O índice, um dos responsáveis pelos andamentos da economia no país e é acompanhado de perto por analistas financeiros, noticia o empresário Marcio Alaor, do BMG, banco em atividade há anos no Brasil.

Em comparação com as variações dos últimos anos, a SELIC alcançou o mesmo nível do ano de 2015, quando em março foi elevada a 12,25%. Já no período compreendido entre o final de 2012 até o início de 2013, o índice foi estabilizado em 7,25%, sendo considerada uma redução histórica. Passada esta fase, ocorreram sucessivas altas até que se alcançasse o valor de 14,25%, quando o Copom decidiu que era chegada a hora de se baixar novamente os juros, aponta o executivo do Banco BMG, Marcio Alaor.

Mesmo com o cenário econômico ainda sob os impactos da crise econômica, o Banco Central vislumbrou um ambiente favorável à diminuição da SELIC. A taxa é o mecanismo mais importante para a inflação oficial no que se refere ao controle de suas oscilações. Por meio do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), os movimentos inflacionários são conhecidos e geridos de modo a se encontrar um equilíbrio. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o índice foi o menor já anunciado desde 1979, destaca o vice-presidente do BMG, Marcio Alaor.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) tornou inferior a margem de tolerância para para a inflação, passando de 2 pontos para 1,5. Dessa forma, a meta inflacionária que o órgão havia estabelecido em 4,5%, não poderá ultrapassar o nível de 6% ao ano. O IPCA, contudo, possui um acúmulo de 5,35% em relação ao conjunto de meses que antecederam janeiro de 2017, ressalta o executivo do BMG, Marcio Alaor.

O Banco Central divulgou em dezembro de 2016, um relatório onde anunciou que a expectativa do IPCA para o final deste ano seria de 4,4%, um valor considerado em consonância com o que acredita a maior parte dos operadores do mercado. O boletim Focus, que mensura semanalmente os acontecimentos de instituições de ordem financeira, prospectou o índice em 4,43% para o período que se encerra em dezembro. Acostumado com os trâmites inerentes ao estabelecimento da inflação oficial, por estar no comando do Banco BMG, Marcio Alaor reporta tais informações de acordo com recente matéria publicada pelo UOL, em uma coluna especializada no assunto.

Alguns fatores, como o aumento do preço de algumas tarifas e de alimentos básicos ao consumo dos brasileiros, fizeram, até meados do ano passado, com que o IPCA apresentasse altos percentuais de elevação. Com a queda do dólar e a recessão da economia, a inflação conseguiu chegar a patamares mais baixos. A SELIC reduzida é esperada como um meio de se expandir atividades econômicas, salienta o representante do banco privado. Para o ano, o Bacen espera um crescimento de 0,48%, finaliza o empresário.

Super-heróis – sempre em ação e também sempre roubando a cena

Originários dos quadrinhos, os super-heróis, assim como seus oponentes, já estão há muito associados à cultura urbana moderna. Seguidores e admiradores existem aos milhares. São crianças, adolescentes e até mesmo adultos que mantém verdadeira adoração por esses personagens.

Nos festejos carnavalescos como bailes e blocos de rua, desfilam pelas folias incontáveis números de pessoas trajadas com divertidas fantasias de heróis e heroínas. As mais comuns são as do Superman, do Batman, do Homem Aranha e da Mulher Maravilha.

O universo geek talvez seja a área na qual os super-heróis são mais reverenciados. Em razão disso, a cada ano, vários eventos e congressos de apaixonados por animes e por histórias em quadrinhos acontecem. Onde muitos dos fãs costumam se montar como seus personagens favoritos.

Rotineiramente, também acontece de se cruzar pelas ruas da cidade, com pessoas de perfis diferentes usando vestimentas com estampa de símbolos e desenhos dos super-heróis. Ou, ainda, de posse de algum outro acessório como mochilas e bonés.

Em relação à popularidade dos personagens masculinos e femininos, as heroínas não ficam para trás. Possuem a mesma importância que os heróis. E, devido a representação do empoderamento feminino dessas personagens, é comum fazerem parte do imaginário de homens e de mulheres.

Sendo que, em trabalhos fotográficos que retratam esse universo, modelos, atrizes e outros profissionais do meio artístico, aceitam posar para as lentes dos fotógrafos em ensaios sensuais. Ora inspirados nas super-heroínas, ora inspirados nas astutas vilãs.

Também há pessoas que encontram nos super-heróis uma forma de manter o próprio sustento. É o que acontece com muitos artistas de rua, em metrópoles como Nova Iorque e Las Vegas. Que fantasiados como super heróis, posam para fotos com visitantes e turistas em troca de alguns dólares.

De vez em quando, os celebrados heróis surgem em situações bastante originais. Como a que Hot Kenobi apresentou. O criativo fotógrafo japonês, através de pequenos bonecos de reconhecidas figuras do cinema e dos quadrinhos realizou uma sessão de fotos, na qual os personagens aparecem em ações inusitadas e engraçadas.

Por se tratar de figuras reconhecidas e admiradas em todo o mundo, considerados verdadeiros ícones culturais, só poderia resultar em grande repercussão essa nova aparição deles. Principalmente agora, que o universo dos super-heróis está sempre em evidência através da indústria cinematográfica. Contudo, provavelmente, ainda pode-se esperar que os aclamados heróis surjam em outros contextos que surpreenda a todos novamente.